quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Uma Singela Homenagem a Dona Nadir

Ontem, faleceu Nadir Gouvêa Kfouri, a maior reitora da história da PUC-SP. Dona Nadir comandou a Gloriosa entre 1977 e 1984, não por acaso seu período de ouro. Por mais ataques que tenham sido cometidos contra seu legado dentro da PUC - por forças que embora sejam obscuras por natureza, já não mais temem em agir em plena claridão do dia -, Dona Nadir deixou uma sementinha valiosa: como a questão da excelência acadêmica está intrinsecamente ligada com liberdade e democracia interna nas universidades. O pesar pela sua morte só não é maior pela alegria que seu legado vivo nos proporciona na dura luta do dia-a-dia.

4 comentários:

  1. Faleceu uma parte da PUC, uma parte de NOSSA história!=/

    ResponderExcluir
  2. E uma parte boa, o que é triste a julgar pelo estado de coisas que nos cerca por lá...

    ResponderExcluir
  3. Tipo a universidade ser fechada pro reitor proibir uma festa?O.o

    ResponderExcluir